Metodo Chiorlin
 

Atendimento Clínico (Psicoterapia):

voltar
 



Psicoterapia Corporal

 

Atendimentos individuais, casal e família. As respostas para as mudanças e resolução de conflitos são vividas e experienciadas no próprio corpo. O corpo é que encaminha o processo de cura.







 

 



 
 



Psicoterapia Corporal Grupal

 

As pessoas são tocadas e trabalhadas sistemicamente, pois a medida que uma se expressa, todas estão vinculadas na mesma rede social. Então, como conseqüência, todas as pessoas terminam a sessão sentindo bem estar, reflexões e respostas inéditas.






 

 



 
 



Psicoterapia Corporal

 

Auxilia a cliente a ampliar seu nível de consciência para o tratamento do seu paciente, oferecendo técnicas e exercícios corporais.








 

 



 
 



Escolhas na Vida e o Corpo:

Por: Maria Vilma Chiorlin

 

Um cliente trouxe a angustia de ter que fazer uma escolha para seguir sua vida.
Estando no momento para se aposentar.
O que fazer com as possibilidades que estão surgindo.
Poder escolher o lhe dá prazer, alegria,bem estar e neste momento da sua vida poder usufruir de tudo que já plantou na sua vida.
Na cidade que se encontra agora, tem amigos, encontros nas suas casas, encontros entre famílias, se sente inserido e é participante desse contexto.
Neste lugar,outrora, passou por várias dificuldades de adaptação isso há uns 3 anos atrás, construindo uma filial de sua empresa.
Enfrentou  conflitos com pessoas da comunidade dessa cidade como: políticos ou pessoas que resistiam a essa implantação.
Descobriu seu talento em argumentar, negociar, lidar com intransigências,ter paciência......
Enfim, agora a empresa está implantada. Foram atravessadas muitas situações para que essa concretização acontecesse. E hoje é acolhida pela cidade, e beneficia a todos  da comunidade;
Tinha como planejado que após a sua aposentadoria iria para uma outra cidade, conhecida por ele, mais  próxima de seus  familiares e amigos de trabalho, como também a um Instituto onde ele já presta seus serviços.
Está se aproximando a hora do seu desligamento, e os planos ora feitos não estão encaixados na sua sensação, está  com dores, mais cansado, se sente as vezes estressado.
Isso é novo na sua vida, não sabe o porque destes sintomas.
No contexto terapêutico  colocou em lugares especiais a aposentadoria a cidade atual e a cidade planejada.
Pode viver com todo o seu ser cada uma delas.
Percebeu durante a experiência que a carga do seu corpo estava voltada para a cidade atual, seu corpo pulsava mais para esse lado .
Aí tinha bem estar. Não sentia angustia..
Quando entrava no campo da cidade planejada sentia que lá significava mais trabalho ( o que sempre foi a sua vida). Sentia peso, o corpo respondia fracamente e a angústia presente.
Podendo sair das cenas e indo para o lugar dele, sentia que aí era o prazer, bem estar a  tão almejada e sonhada quando se aposentar.
Que era do seu merecimento, mas....faltava o trabalho.
Mas que na cidade planejada  havia o trabalho mas faltava a alegria, prazer que existia na outra cidade.
Vivendo no corpo a cidade planejada, sentia a cabeça pesada e essa fazia críticas do tipo:
Você não deve fazer isso.
Agora vai viver de alegria, celebrando, e prazer não vai dar certo?.
Como pode um homem que trabalhou a vida toda não continuar trabalhando?  
A cidade onde ele estava era o seu coração, dava bem estar, alegria prazer.

Então a sua escolha foi permanecer nesta cidade, aceitando a voz corporal...