Metodo Chiorlin
 



Psicoterapia Corporal


 

O Instituo Lumen de Ribeirão Preto e a Metodo Chiorlin, representadas pelas suas gestoras, apresentarão material aprovado pela Comissão Científica dos Psicoterapeutas e Bioenergéticos no Congresso Internacional de Bioenergética na Sicília – Itália – maio de 2013, Palestra abaixo.







       voltar

 




  Dança do Corpo e Dança da Alma" - 
"Grounding e Espiritualidade"

 

 

Palestrantes: Maria Vilma Chiorlin e Suely Freitas.

Vivenciar e tomar contato com nosso corpo é também, enraizar com a nossa espiritualidade. Chacras sao definidos como vértices de energia sutil que existem em todos seres humanos.

A Bioenergética nos ensina que existe no corpo locais onde a energia ficou aprisionada por motivos de traumas na infância influenciando a vida total da pessoa. A.Lowen denominou as características das cristalizações das defesas mostradas por W. Reich como forma de anéis de tensão, as quais estão localizadas no mesmo local que os chacras. Tanto os caráteres como os chacras tem seu lado SOMBRA e seu lado LUZ .

“Eu Inferior" está relacionado com nossa neurose, dificuldades, conflitos, representado pelo hemisfério esquerdo do cérebro. "Eu Superior' com a intuição, criatividade, essência, representado pelo hemisfério direito do cérebro e a nossa ESPIRITUALIDADE.

Lama Tulku Gangchen , dentro da psicologia Budista, nos traz os ensinamentos dos mudras, mantras e visualizações. Em cada chacra há um casal de Divindades que cuidam do lado luz dos nossos chacras .

A estrutura do indivíduo pode ser vista também como a cristalização dos problemas em cada chacra respectivo. A doença no sistema é causada por uma obstrução ou um desequilíbrio no seu fluxo de energia, no seu respectivo chacra e está relacionada as estruturas de caráter proposta por A. Lowen.

Fazendo uma correlação entre Reich, Lowen, Pierrakos, Boadella,Lama Gangchen e a pratica de exercícios com trabalhos com os anéis de tensão, som, vibração, chacras, mantras, e visualização, podemos nos eixar e estar dentro da nossa realidade de uma forma mais substancial, especialmente mais livre e amorosa.

Podemos habitar, enraizar no nosso corpo, integrando nosso “Eu Inferior” e “Eu Superior”, afrouxar nossas defesas de caráter transformando-as em recursos, ampliando nossa consciência e expandindo nosso coração! "Dançar no Fluxo da Vida".

ACESSE A VERSÃO EM INGLÊS

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



 

voltar